Em 2018 o Encontro Regional de Geografia (EREGEO) completa 30 anos. Para celebrar as três décadas de importantes debates e produção de conhecimento geográfico da nossa região Centro-Oeste, o evento será realizado novamente em Catalão, cidade onde ocorreu a primeira edição deste encontro em 1988. A décima quinta edição do EREGEO tem como tema central "A Geografia no contexto das reformas neoliberais no Brasil". O objetivo central do evento, nesse sentido, é discutir os impactos das atuais reformas neoliberais no processo de (re)produção do espaço em escala regional e nacional. Além disso, no sentido de manter a tradição do evento, também serão discutidos temas relacionados às transformações socioambientais, articulando natureza e sociedade nos tempos atuais.

Vivemos um momento peculiar no Brasil, e dentre os compromissos indispensáveis diante dessa conjuntura está o papel dos profissionais da Geografia no âmbito da Educação brasileira, fortemente ameaçada pelas políticas educacionais que vêm sendo cooptadas por restritos grupos econômicos e pelo capital rentista. Esse processo desemboca, inevitavelmente, no sucateamento do ensino público e na marginalização de disciplinas da área de Humanidades, num processo de atenuação da criticidade, de prejuízo à ampla formação dos estudantes e da diminuição da autonomia de disciplinas como a Geografia. Esse contexto, que também traz fortes impactos aos cursos de licenciaturas, torna inadiável o debate sobre os problemas suscitados e reforça ainda mais a necessidade de organização e de enfrentamento.

Convidamos toda comunidade geográfica (professores, estudantes, profissionais e movimentos sociais) a participar do XV EREGEO entre os dias 28 de abril a 1 de maio na Universidade Federal de Goiás, Regional de Catalão (GO). As atividades estão organizadas em mesas redondas, espaços de diálogos, comunicações coordenadas, trabalhos de campo, minicursos e oficinas. O evento é uma realização da Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB - Seções Locais de Catalão, Goiânia e Cidade de Goiás), juntamente aos cursos de Geografia da UFG/Regional Catalão, da Universidade Estadual de Goiás (UEG - Câmpus Quirinópolis, Pires do Rio e Cora Coralina) e do IESA/UFG.